Rafael Melo/Santa Cruz) Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O afastamento de Didira dos treinamentos do Santa Cruz completou uma semana nesta segunda-feira. O motivo da ausência é o quadro clínico do pai do atleta, mas a situação trouxe dúvidas sobre sua continuidade no elenco coral, causando insegurança também à torcida. Ao Superesportes, o empresário do meia garantiu a volta do jogador ao Tricolor até a próxima segunda-feira. 

“O Didira vai voltar, já é certo. Ele teve que se ausentar, mas vai voltar. Já está tudo certo, no mais tardar, até segunda”, disse inicialmente o empresário Carlos Brant. O agente também fez questão de pontuar o compromisso do Santa Cruz com o atleta, desmentindo a história de que o clube não teria feito o pagamento referente às luvas.

“O Santa fez tudo correto, agiu corretamente desde o começo. A ausência foi mesmo questão de saúde do pai dele, que está numa situação grave", ressaltou. Brandt relembrou ainda que o jogador optou pelo Santa, apesar de outras sondagens de equipes da segunda divisão e de fora do país. “Ele (Didira) recusou outras propostas, da Série B e do exterior, justamente por abraçar o projeto do Santa Cruz”.

Na entrevista, o empresário revelou ainda que está coordenando outras questões da vida de Didira. A justificativa é o envolvimento do jogador com a situação do pai. “Eu estou à frente de tudo. Não só a respeito do retorno dele ao Santa, mas também o estabelecimento da família dele. Estou resolvendo tudo envolvendo ele”.

NO ELENCO

Para a função dentro do elenco, além de Didira, o treinador Itamar Schülle também poderá contar com os atletas Luiz Felipe e Jeremias.