Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O zagueiro Luan Peres, de 25 anos, concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira no CT Rei Pelé e destacou a surpresa com o novo trabalho sob o comando do técnico Jesualdo Ferreira, além da saída de defensores da equipe santista, como a de Gustavo Henrique.

“Foi surpreendente que, quando ele chegou, o primeiro contato foi já sabendo um pouco de cada um. Função e características. Não teve treino para avaliar, já sabia por vídeo. Quando foi contratado, viu jogos e vídeos nossos. Faz muito treino físico, alguns com preparador normais, e sempre passa trabalho visando o jogo, algo que Jesualdo já fazia. Não tem treininho curto. Corremos um pouco mais. Mostra que faz um grande trabalho e tem tudo para dar certo”, declarou.

Com a saída de um dos pilares do sistema defensivo, Luan Peres ainda revelou que vem sendo testado em mais de uma função na equipe, apesar de estar tendo mais oportunidades na sua função de origem:

“Nos preparamos bem, treinei na lateral também e tenho que estar preparado. Eu e outros estamos fazendo mais de uma função. Estou jogando mais de zagueiro, até pela saída do Gustavo Henrique. Alternava mais com a lateral esquerda, agora estou mais fixo na minha”, disse.

Mas a sua permanência no Brasil também não é certa. O assunto é trabalhado com cautela, tanto pelo Santos quanto pelo próprio atleta, que pertence ao Club Brugge, da Bélgica, e está no Alvinegro por empréstimo até dezembro de 2020:

“É delicado. Valor estipulado é alto, para a situação que vive o Santos… Não sei qual será o desfecho. Não sei se começou, não tive contato do Santos ainda para renovação. Vi nas notícias que o Santos tem interesse na possível compra, mas não chegou nada até agora. Temos muito a conversar. Eu, Brugge e Santos podemos chegar a um acordo. Espero que possamos chegar”, afirmou.