Foto: ASCOM/CSA Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O discurso de começo, meio e fim não se concretizou. Contratado em dezembro e apresentado em janeiro, o técnico Maurício Barbieri não durou dois meses no comando do CSA e nesta segunda-feira (10), deixou a equipe do Mutange.

A saída do profissional e da sua comissão técnica foi um acordo junto a diretoria, tendo em vista um contrato vigente com o clube e que resultaria na quebra do mesmo e pagamento de multa.

A saída foi a alternativa encontrada, tendo em vista o estágio que o time atingiu, sem evolução e cansado fisicamente, ainda no início de temporada, amargando as últimas posições na Copa do Nordeste e a eliminação precoce na Copa do Brasil.

Maurício Barbieri esteve a frente da equipe azulina em seis jogos oficiais, com duas vitórias, um empate e três derrotas.

Nos próximos dias o CSA terá dois confrontos pela frente, diante do CSE pelo Alagoano e contra o Botafogo-PB pela Copa do Nordeste. Enquanto isso, a diretoria terá de voltar atrás do planejamento de trazer um técnico jovem e buscar um nome experiente, com "perfil de acesso".

A diretoria emitiu nota oficial sobre a saída do treinador. Confira:

O Centro Sportivo Alagoano informa o desligamento do treinador Maurício Barbieri e sua comissão técnica. Agradecemos pelos serviços prestados.