Para prevenir a chegada da gripe suína, MG decreta emergência

  • antoniomelo
  • 02/05/2009 13:10
  • Brasil/Mundo

O Governo de Minas Gerais decretou situação de emergência, para facilitar a liberação de recursos no caso de haver necessidade de compra de materiais e aumento da infraestrutura para o combate da gripe suína.

 

Apesar do decreto, a administração ressalta o estado "vive um momento de relativa tranquilidade" em relação à doença. "Minas não vive uma situação emergencial; a situação é de vigilância permanente. O decreto nos oferece mecanismos para respondermos prontamente a uma eventualidade”, disse o secretário adjunto de Saúde, Antônio Jorge Souza Marques

Marques anunciou também a compra de 6 milhões de máscaras. Dessas, 5 milhões serão destinadas à população. A Secretaria de Saúde também deve adquirir 50 mil doses de medicamento antiviral para adultos e outras 500 doses para crianças.

 

Não há confirmação de nenhum caso da nova gripe em todo o país, até a manhã deste sábado (2). A última paciente que estava internada no Hospital das Clínicas, de Belo Horizonte, com sintomas semelhantes aos da doença, teve alta na sexta-feira (1º). Exames descartaram a contaminação.

 

"Na verdade, estamos com uma precaução excessiva, maior do que a necessária se olharmos com rigor as orientações internacionais", disse o coordenador do pronto-socorro do HC, Vandeck Nobre.

 

Na quinta-feira (30), um homem, de 35 anos, desembarcou no Aeroporto de Confins, na região de Belo Horizonte, com tosse e febre. Segundo o governo estadual, ele está sendo monitorado em sua casa.

 

No fim da tarde de sexta, a Secretaria de Saúde de Minas Gerais informou que apenas uma paciente estava internada em um hospital de Teófilo Otoni. As outras pessoas que apresentaram sintomas da gripe estão sendo acompanhadas em suas residências.

 

O governo mineiro informou que está tomando outras medidas de prevenção à doença, como a veiculação de mensagens informativas nos telões do Aeroporto de Confins. No terminal da Pampulha, na capital mineira, está sendo veiculado um aviso sonoro. Além disso, estão sendo distribuídos panfletos em aeroportos de Belo Horizonte e Uberaba e na MG-10.

 

As autoridades de saúde também estão usando o telefone para orientar quem apresenta sintomas leves de gripe e não precisa de internação. Técnicos estão recorrendo à lista telefônica para rastrear quem esteve nas áreas de risco recentemente. Os dados são fornecidos pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

 

O telefone para orientações a quem está com sintomas de gripe e esteve nos últimos dez dias em países com casos confirmados da doença é o 0800-283-2255.