Thiago Davino - Minuto Esportes Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Rafael Tenório - CSA

A crise se estabeleceu no CSA após a derrota por 1 a 0 para o Botafogo da Paraíba, em pleno Rei Pelé, pela Copa do Nordeste. Em entrevista "quente" o presidente do clube, Rafael Tenório afirmou que vai afastar dirigente e jogadores azulinos.

Logo depois do apito final, o presidente saiu do quarto andar do "Trapichão" e no caminho para o vestiário, foi procurado pela imprensa e disparou.

"Estou indo ao vestiário para comunicar ao Fabiano que ele não faz mais parte dos trabalhos do CSA", afirmou o presidente, se referindo ao executivo de futebol, Fabiano Melo.

As críticas porém, não foram direcionadas apenas para o dirigente. "Vou tomar uma medida e vamos afastar alguns atletas, principalmente os medalhões, que foram contratados a peso de ouro e não estão honrando os salários que recebem. Para se ter ideia, eu tenho funcionário na minha empresa, que recebi um quarto dos salários desses atletas e me dá muito mais resultado. Nosso time é ridículo", concluiu.

Durante a coletiva de imprensa, o técnico Eduardo Baptista foi questionado sobre o assunto e preferiu não se pronunciar sobre o caso.

"Difícil dar um depoimento. Sou um cara muito ponderado e só posso fazer um resumo disso amanhã. Muito complicado decidir no calor da emoção".