Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O polêmico caso envolvendo Neymar e Najila Trindade voltou a ser assunto dez meses após a acusação de estupro. Cosme Araújo, advogado da modelo, afirmou que vai acionar a procuradoria para pedir uma explicação pela demora do processo movido pelo Ministério Público do Rio contra o camisa 10 da Seleção. As informações são da revista 'Veja'.

- Ele tem de pagar pelo crime de ter publicado material íntimo de uma mulher sem seu consentimento... Há a sensação de esse jogador ser intocável - disse o Advogado.

Neymar está sendo investigado por 'revenge porn', um termo em inglês usado quando alguém tem um conteúdo íntimo vazado por raiva ou vingança. De acordo com a 'Veja', Najila estaria sofrendo de síndrome do pânico e fazendo uso de antidepressivos.