Divulgação/Iporá Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Chegou ao fim a passagem de Jomar pelo Iporá. Na última semana, o zagueiro acertou a rescisão do seu contrato com a equipe goiana. Com o campeonato estadual paralisado devido à pandemia do coronavírus, o Lobo Guará optou por liberar todo o seu elenco.

Jomar foi contratado pelo Iporá no início da temporada. Ele atuou em oito das dez partidas que a equipe disputou no Campeonato Goiano e, com o defensor em campo, o Lobo Guará sofreu apenas seis gols.

“Avalio de forma positiva esta minha primeira experiência no futebol goiano. Fica aquele sentimento de que poderíamos ter feito mais, já que o nosso time tinha chances reais de avançar para as quartas de final. Mas diante do momento que vivemos, era necessário que o campeonato fosse paralisado. Agradeço ao Iporá pela oportunidade e transparência nesse período em que estive lá. Fico na torcida pelo sucesso do clube”, disse o zagueiro, de 27 anos, que atuou pelo Vasco entre 2011 e 2018.

De volta ao Rio de Janeiro — sua cidade natal — Jomar aprimora a parte física enquanto projeta a sequência da temporada.

“Tenho realizado alguns exercícios em casa durante este período de quarentena. Como vinha atuando normalmente lá no Iporá, estou 100% fisicamente e preparado para o próximo desafio. Eu e meu empresário já estamos avaliando algumas situações e creio que em breve teremos novidades”, concluiu o defensor, que com a camisa do Vasco conquistou a Copa do Brasil e foi bicampeão carioca.