Ascom CSA Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true CSA

O CSA reduziu o salário em 25% dos jogadores, comissão técnica e dos dirigentes. Apenas os funcionários que ganham abaixo de 5 mil reais não tiveram seus salários reduzidos. 

A diretoria azulina tomou essa decisão diante da crise financeira causada pela Pandemia do Coronavírus, em que as atividades estão paralisadas. A redução de salário será nos próximos três meses, uma vez que não há expectativa de retorno das competições.

De acordo com o presidente do conselho deliberativo, Raimundo Tavares, a cúpula azulina entrou em acordo com os atletas e não houve dificuldades em relação a redução salarial. 

“Todos os atletas, comissão técnica, Marcelo Barbarotti e o Marcelo de Jesus tiveram redução. O restante, funcionários que ganham menos, abaixo de R$ 5 mil, esses não vão ter redução. Os 25% serão reduzidos em três meses. Esse foi o entendimento e o acordo que fizemos com o grupo de atletas”, afirmou.

Vale lembrar, que integrantes do conselho e da diretoria, como os presidentes Raimundo Tavares e Rafael Tenório, são voluntários e não recebem salário.