Abertura de microempresa leva três dias em Alagoas

  • carlinhos
  • 07/05/2009 05:02
  • Negócios
Em todo o Brasil, Maceió é a cidade mais fácil de abrir um negócio, com três dias para expedição de alvará definitivo, tanto para atividades de baixo risco quanto de alto risco. Essa informação foi levantada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que revelou também que a capital baiana tem o processo mais demorado: até seis meses.

No ano passado, 5.283 empresas foram abertas no Estado. Em comparação a 2007 — quando 4.389 estabelecimentos foram criados —, houve um crescimento de quase 17%. Boa parte destes empreendimentos, mais de 95%, são formados de micro e pequenas empresas.

De acordo com a presidente da Junta Comercial de Alagoas, Iris Araújo, esse aumento se deve aos benefícios da Lei Geral das Micro e Pequena Empresas e das ações do governo do Estado, voltadas para o desenvolvimento econômico.

“A partir da constituição na Junta Comercial, o empresário tem acesso mais facilitado a linhas de crédito, bem como amplia o mercado de atuação, com a emissão de notas fiscais”, explica a presidente da entidade.

“Na cidade de Maragogi, por exemplo, nós tivemos um acréscimo de 65% no número de empresas constituídas, em relação ao ano de 2007”, revelou. Íris Araújo explicou ainda que no Litoral Norte foram feitas diferentes ações para a conscientização do empresariado local.

Além da abertura de empresa, devem ser registrados também na Junta Comercial, a alteração de sociedade e de endereço, o balanço financeiro. “A movimentação é grande na sede. Acredito que cem pessoas, em média, passam diariamente pela nossa central”, revela Íris Araújo.

Sobre a agilidade na abertura de empresas, a gerente de Políticas Públicas do Sebrae em Alagoas, Izabel Vasconcelos, declarou que a Articulação, integração e disposição política dos gestores públicos são motores que deram agilidade aos trabalhos e garantem que o alvará saia em até três dias no Estado.

É a mesma avaliação que faz em relação ao que ocorre em mais 20 municípios alagoanos, abrangidos pela Central de Atendimento Empresarial de Arapiraca e onde o tempo médio para abertura de empresa é de até sete dias.

Na capital, a Junta Comercial atende nos bairros do Farol e Centro. No interior, nos municípios de Arapiraca e Palmeira dos Índios. Os serviços podem ser agilizados também pela impressão de guias e documentos no site www.juceal.al.gov.br.