Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O primeiro campeonato profissional da América Latina a retomar os seus jogos é o Costarrinquenho. Após cerca de dois meses o torneiro retornou nesta terça-feira, 19, com dois jogos.

Os clubes do país estavam treinando desde o dia 1° de maio. Após inspenção, sete estádios foram autorizados a receber partidas, entre eles o Ricardo Saprissa, do Deportivo Saprissa, maior clube do país latino, onde foi revelado o goleiro Keylor Navas, um dos maiores atletas do país, atualmente no Paris Saint Germain (PSG).

"Recebemos autorização para poder retomar a competição com grande alegria, mas também com grande responsabilidade. Responsabilidade perante à sociedade, às autoridades e também internacionalmente. Muitos países prestarão atenção ao que vai acontecer na Costa Rica - disse Rodolfo Villalobos", informou o presidente da Federação da Costa Rica , à Rádio França Internacional, em declaração reproduzida pelo jornal L'Equipe.

O retorno ocorrerá sem torcida e com restrição de profissionais na cobertura. Segundo informações do Ministério da Saúde da Costa Rica, o país, de cinco milhões de habitantes, tem 10 mortes registradas por covid-19, entre 863 infectados dos 20.115 testados .