Detido novo suspeito de matar menina achada em mala

  • 27/03/2009 16:26
  • Polícia
A polícia prendeu na tarde de quinta-feira (26) um novo suspeito de matar a menina Rachel Genofre, em Curitiba. O corpo da criança de 9 anos foi localizado dentro de uma mala na rodoviária da cidade, em novembro de 2008.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Paraná, a polícia chegou até o suspeito por meio de uma denúncia anônima. O homem foi detido e forneceu amostras para um exame de DNA. Ele foi interrogado e, depois, liberado.

De acordo com a delegada Vanessa de Alice, responsável pelo caso, mais de 30 suspeitos já cederam material para exames de DNAs. Muitas pessoas que tinham contato com a menina ainda estão sendo investigadas.

Crime

O corpo de Rachel Genofre foi encontrado na madrugada do dia 5 de novembro, dentro de uma mala abandonada, com sinais de violência sexual e estrangulamento. A criança estava desaparecida desde 3 de novembro, quando saiu da escola, por volta de 17h30.

De acordo com a polícia, a menina era filha de uma professora e costumava fazer, sozinha, o trajeto entre a escola e sua casa de ônibus. A polícia já estava investigando o sumiço da garota, quando o corpo foi encontrado.