Vanderlei Luxemburgo acha que vem coisa boa para o Sport mais na frente (Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press)

O Sport está há seis jogos sem vencer, na Série A. Despencou da sexta para a 12ª colocação. Neste domingo, perdeu por 1 a 0, para o Avaí, na Ilha do Retiro, mas o técnico Vanderlei Luxemburgo disse que a entrega dos jogadores foi uma satisfação à parte. Apesar de lamentar a terceira derrota consecutiva, disse que o elenco apresentou vontade, algo que ele tinha cobrado após a goleada sofrida para o Grêmio, por 5 a 0.

- Temos de continuar trabalhando. E forte. Foi um jogo que a derrota foi minha. Os jogadores lutaram. O técnico tem de assumir quando a substituição não dá certo ou outra coisa não aconteceu. Acho que 70% da derrota é para mim e 30% é deles. Faz parte do jogo.

O treinador disse que o Avaí fez o gol da vitória na única bola achada na partida e que o Sport teve maior volume. Mas lamentou a ansiedade do Leão. Na visão dele, a semana turbulenta - com cobranças da torcida a jogadores, como o meia Diego Souza, e uma reunião com a presidência - pode ter contribuído.

- A derrota foi ruim. Mas, diferentemente dos últimos jogos, e por isso a minha reclamação no pós-jogo do Grêmio, não se pode reclamar da atitude da equipe. O Avaí teve uma bola e saiu o gol. Saio triste pela derrota e satisfeito com a atitude dos jogadores. Se eles continuarem assim, vai acontecer coisa boa. A semana foi um pouco turbulenta e teve muita ansiedade no jogo. Sobrou chuveirinho e faltou uma enfiada de bola, uma coisa diferente. Mas a atitude foi diferente.

A maneira que o Sport jogou contra o Avaí fez Vanderlei Luxemburgo projetar uma melhora no decorrer da Série A.

- Você não pode falar que está tudo bem quando não está. Hoje, a derrota dói porque jogamos para ganhar. De dez jogos que a gente jogue dessa forma, não vamos perder todas. Vamos ganhar alguns porque fomos contundentes.