Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Raul Cabral diz que confiou nos atletas após resultados ruins contra Joinville e Bragantino (Foto: Bruno Ribeiro)

Comprometimento, nível de concentração alto e crescimento na hora certa. Estes foram os ingredientes que fizeram o Tombense conquistar pela primeira vez a vaga nas quartas de final da Série C. Depois de anos batendo na trave, os comandados de Raul Cabral conseguiram a vaga no mata-mata da Série C. O treinador reconhece a dificuldade da fase seguinte, mas admite: o primeiro objetivo foi alcançado. Agora é buscar a vaga na Série B.

Mas nem tudo foi festa para o Tombense. Com um início de campeonato oscilando muito, o técnico Raul Cabral teve dificuldade de manter o equilíbrio, tanto técnico quanto físico, após mudanças no elenco entre o fim do Mineiro e o início da Série C.

– A gente sabia que o início seria muito difícil. Falei no início. Fizemos uma alteração de elenco muito grande do Campeonato Mineiro para a Série C. Tentamos fazer contratações pontuais. Evitamos trazer qualquer um. A gente teve contratações de laterais, jogadores que saíram e voltaram após oito rodadas, a situação do Allan Dias que chegou depois de ficar 40 dias parado após o Mineiro e a gente equilibrou a questão física do atleta. Procurou a formação do grupo – avaliou.

Duas partidas foram emblemáticas para este crescimento na reta final da Série C: a derrota para o Joinville e o empate com o Bragantino. Depois dos resultados ruins nos dois jogos, o técnico Raul Cabral disse que a cobrança no elenco deu resultado.

– Desde a derrota contra Joinville que foi doída, o empate com o Bragantino também foi doído, mas a gente confiava na qualidade dos atletas. Por isso conseguimos o resultado positivo da classificação. Em Joinville fizemos um bom jogo, mas sofremos com desfalques. Em Bragança tivemos a oportunidade de vencer e acabamos empatando no fim do jogo. E foi conversado que a gente precisava de uma postura diferente. Além do comprometimento que já havia, tinha a questão da entrega, do nível de concentração alto. E nestes três jogos a gente mostrou isso. Hoje foi extremamente focado. Eles tiveram uma oportunidade, e mesmo com um a menos, tivemos chances de vencer – analisou.

Primeiro objetivo alcançado, o foco agora é nas quartas de final. O técnico do Tombense quer recuperar os atletas para que cheguem inteiros no mata-mata e buscar o segundo objetivo na Série C: o acesso.

– Agora é uma nova competição. Temos que nos preparar para ela. Temos uma semana para recuperar os atletas fisicamente e entrar de cabeça fresca para buscar nosso acesso que é o grande objetivo do Tombense. Saiu a classificação e a gente vai buscar mais – concluiu.